segunda-feira, agosto 10, 2009

MARINHEIRO DE PRIMEIRA VIAGEM

Hoje foi meu primeiro dia a bordo de 2 picapes de verdade, à minha completa disposição pra experimentar, brincar, tentar, arriscar... É que depois de reconhecer que havia um enorme gap de técnica e conhecimento, resolvi comprar 2 Technics MK2 usadas, kits de agulha Ortofon Concorde Digitrack e 1 Serato SL3. Agora não tenho mais desculpas. :)

Confesso que é bem diferente de tocar com CDJ, em muitos aspectos. Já ouvi algumas pessoas falando que não, mas eu discordo. Isso porque o processo de se tocar com vinil foi extremamente facilitado pelo uso do computador (dá pra se ver o tempo das músicas, por exemplo), então eu fiquei imaginando que seria muito pior se fossem usados vinis de verdade. Teria que conhecer a fundo cada música antes de sair mixando.

Pretendo fazer um post mais detalhado sobre essa primeira viagem, mas ainda tenho que calibrar algumas coisas antes de seguir em frente. Uma delas é o ajuste do braço da picape, que tem que ser feito em função da marca e modelo da agulha. Reparei que mesmo com um peso razoável a agulha pulou algumas vezes. Enfim, várias coisas no "TO DO" list...

Mas pelo menos já deu pra rolar aquela primeira ambientação. Toquei durante 1 hora e fui razoavelmente bem em todas as mixagens (pra quem nunca tinha tocado com vinil). Preciso pegar umas dicas com meus gurus oficiais mais próximos e o resto é prática, que vem com o tempo mesmo.

Um comentário:

Transeunte disse...

Deve ser BEM estranho trocar o Mouse + Photoshop pra pegar em Pincel e Tinta... No final nego nem deve notar a diferença.. Mas artista "de verdade" se realiza no trabalho, no processo criativo, e não apenas com a obra pronta. Keep it up! []'s!